Em primeira votação projeto sobre pobreza menstrual de indicação do vereador Robert Ziemann é aprovado por unanimidade em Sessão Ordinária

  1. out 20 - 2021
  2. Ações, Moções, Notícias, Projetos de Lei
  3. (0) Comentário

Nesta terça (19) ocorreu no plenário da Câmara Municipal de Maracaju a 35ª Sessão Ordinária.

O presidente do Legislativo Robert Ziemann iniciou seu expediente encaminhando um requerimento ao prefeito Marcos Canderan um estudo de viabilidade sobre o aumento das rotas das circulares e melhoria dos pontos de ônibus em nossa cidade.

Robert Ziemann ainda no púlpito dividiu com os colegas vereadores a abertura do curso de agronomia em período integrau na UEMS de Maracaju. Em suas palavras essa conquista é tanto para eles que enviaram diversos requerimentos e lutaram por essa vinda, como para a população.  Essa realização é um compromisso do Governo do Estado e do empenho também do ex-Secretário de Governo Eduardo Riedel.

Em nome da câmara o vereador solicitou uma moção de agradecimento a Fundação MS, ao Sindicato Rural, ao diretor da UEMS de Maracaju e aos demais envolvidos que se empenharam nesta realização. A vinda do curso traz grandes benefícios para nossa cidade, pois, Maracaju ocupa a 8ª posição no ranking dos municípios com maior valor de produção agrícola no Brasil, sendo o maior em nosso estado, o que reflete na geração de empregos e crescimento de nossa cidade.

Na ordem do dia entrou em 1ª discussão e votação do Legislativo o Projeto de Lei 023/2021, que institui o Programa Municipal Absorvendo Amor, que propõe o fornecimento de absorventes higiênicos nas escolas públicas do Município de Maracaju, para as alunas dos anos finais do Ensino Fundamental e alunas do Ensino Médio.

O Projeto tem por objetivo combater a precariedade menstrual, tendo em vista há vulnerabilidade de meninas e mulheres que não tem de acesso ou até mesmo recursos para a compra de produtos de higiene no período menstrual. A distribuição gratuita de absorventes higiênicos será por meio de cotas mensais a estudantes do sexo feminino, que se enquadrem no Sistema Único de Assistência Social, e será implementado através do Fundo de Assistência Social, executado e fiscalizado pela Secretaria de Assistência Social, devendo, bem como, todos os requisitos, condições e documentações necessárias para o enquadramento dos beneficiários do programa. O projeto foi aprovado por unanimidade entre os vereadores.

Também em 2ª discussão e votação, entrou o Projeto de Lei n. º 029/2021 que institui eventos esportivos e inclui no calendário de datas e eventos do município e dá outras providências. O Projeto tem autoria dos vereadores Robert Ziemann e Joãozinho Rocha e foi aprovado por unanimidade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *